• Seja bem vindo ao Diário da Ribeira!
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Empresário de Cajati é preso suspeito de envolvimento com o PCC; assista o momento da abordagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Itanhaém deflagraram na manhã desta quarta-feira (20) a segunda fase da Operação Laura. 

Desta vez, um dos desfechos se deu em Cajati, resultando na prisão de um empresário suspeito de estar envolvido com uma facção criminosa.

A ação, que faz parte da “Operação Laura”, iniciada em 27 de novembro se refere já a uma segunda fase, que se refere à investigação de um esquema envolvendo políticos e empresários da região, que estariam articulando licitações públicas para favorecer o crime organizado.

Desta forma, o empresário de Cajati foi um dos apontados pela investigação. De acordo com as autoridades policiais, ele é considerado um facilitador na contratação de uma empresa de transporte em Itanhaém, ligada ao (PCC), que atua dentro e fora dos presídios.

Diante dos fatos apurados, os investigadores se dirigiram até a casa do suspeito, no bairro Parafuso, em Cajati, e conseguiram localizá-lo. No imóvel, a polícia apreendeu documentos, celular e computadores.

Primeira fase

A primeira fase da “Operação Laura” foi realizada com o objetivo de prender suspeitos de ajudar uma foragida da Justiça a dar à luz de forma clandestina no Hospital Regional de Itanhaém. De acordo com a Polícia Civil, ela era integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC).

A mulher utilizou um nome falso e, também, deu um nome falso à filha, que nasceu em outubro. Ela foi capturada logo após receber alta. Com base nas investigações, a equipe identificou os suspeitos que a auxiliaram a ter acesso ao hospital sem ser identificada. Na ocasião, 6 pessoas foram presas.

 

Assista o momento da abordagem:

 

 

Diário do Ribeira

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUES DO DIA