• Seja bem vindo ao Diário da Ribeira!
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Cajati premia nesta sexta (20) os professores da rede municipal de ensino; serão avaliados critérios como criatividade, flexibilidade e atualidade

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Na próxima sexta-feira (20), às 18h30,  acontecerá a 11ª edição do evento “Professor que faz a diferença”, onde serão premiados os professores que se destacam na arte de ensinar, e em especial, aos que se adaptam, inovam e melhor conduzem o planejamento didático diante de novos desafios, como este,  imposto pela Covid-19 no último ano.

O “Professor que faz a diferença” foi criado em 2009 e podem participar todos os professores do sistema municipal de ensino de Cajati: da Educação Infantil (creche e pré-escola), do Ensino Fundamental (polivalentes, artes e educação física) e da Educação Especial.

O objetivo deste prêmio é valorizar o trabalho que os profissionais desenvolvem com fins de aprimoramento e a efetivação do processo ensino-aprendizagem nas escolas municipais de Cajati.

Concorrem ao prêmio 11 projetos que serão avaliados pela comissão formada por educadores e representantes de ensino de municípios vizinhos e do Departamento de Educação de Cultura de Cajati. Os critérios que serão levados em consideração são: criatividade, flexibilidade e atualidade.

Os três projetos melhores avaliados pela comissão serão premiados com: um notebook 2 em 1 e um livro para o vencedor, um ar-condicionado split 12 mil BTUs e um livro para o segundo lugar e um kit bem-estar com fritadeira sem óleo, um multiprocessador e um livro para o terceiro colocado.

Por conta da pandemia, será um evento fechado e contará apenas com as presenças dos professores das unidades escolares do município, coordenadores, gestores e representantes do Departamento de Educação e Cultura (DEC).

Os organizadores do evento garantem que todas as medidas de cautela exigidos pelo cenário de Covid-19 serão devidamente respeitadas.

Os projetos finalistas desta edição de 2020 são:

– “De pais para filhos: construindo em família a aliança do aprender e ensinar”, projeto do professor Aldeni Pinto Pereira com alunos do 4º ano da Escola Municipal Jardim Muniz.

– “Educação remota… Um novo jeito de ensinar… Um novo jeito de aprender…”, projeto da professora Marilene Chagas Ribeiro com alunos do 2º ano da Escola Municipal Jardim Muniz.

– “Ler para crescer”, projeto da professora Márcia de Oliveira com alunos do 1º ano da Escola Municipal Professor Mário Tadeu de Souza.

– “Escola, aluno e família… Uma relação de parceria afetiva. Construindo laços da educação integral”, projeto da professora Simone Maria dos Santos Correia com alunos do 3º ano da Escola Municipal de Educação Infantil e Fundamental Anna Maria Chaves.

– “Meu Diário de Quarentena”, projeto da professora Carla Milena Erginzer Fogaça com alunos do 5º ano da Escola Municipal Professor Francisco José de Lima Junior.

– “Sarau Virtual – Um olhar para o futuro”, projeto da professora Ana Paula Bertoldo Lopes com alunos do 3º ano E da Escola Municipal Professor Francisco José de Lima Junior.

– “O livro sobre mim”, projeto da professora Thayne de Souza Lopes Masulim com alunos da Fase I B da Escola Municipal Professora Shirlei Bueno de Paula.

– “É tempo de amar”, projeto da professora Elis Regina Miranda Ferreira com alunos do Atendimento Educacional Especializado (AEE) da Escola Municipal Professora Maria da Conceição Rodrigues de Alcântara.

– “Experiências acolhedoras em tempo de ensino remoto”, projeto da professora Eunice Teixeira com alunos da Fase I da Escola Municipal Professora Maria da Conceição Rodrigues de Alcântara.

– “A rotina da criança na quarentena”, projeto da professora Bárbara Daniela dos Santos Silva com alunos do Maternal II da Creche Sonho Encantado.

– Arte sempre on. Victório Zanon contra a Covid-19”, projeto do professor Gilberto Mendes Cipriano com alunos de Artes da Escola Municipal de Ensino Básico Victório Zanon.

 

Diário do Ribeira

 

 

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUES DO DIA

DESTAQUES DA SEMANA

Diego Maradona morre em casa aos 60 anos

O ex-jogador Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos. O maior jogador da história do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em casa, em Tigre. Maradona havia recebido alta no dia 11

Leia Mais »