• Seja bem vindo ao Diário do Ribeira!
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

  • 8 de maio de 2021
  • 04:18

Em Registro, aulas presenciais não serão retomadas em 2020

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

A prefeitura de Registro decidiu e  informou, por meio da Secretaria  Municipal de Educação, que as escolas públicas da Rede Municipal de ensino  não  voltarão a ter aulas presenciais durante este ano. 

A autonomia no poder de escolha foi atribuída aos gestores do Município pelo governo de São Paulo e a decisão partiu de uma pesquisa realizada entre pais e responsáveis por alunos, além de profissionais da Educação Municipal.   Ambos concluíram que não há condições  de retorno com segurança por  conta da pandemia.

A pesquisa apontou que  71% dos pais e responsáveis por alunos foram contra a volta às aulas presenciais em 2020 por não se sentirem seguros. Os profissionais da educação municipal também participaram da pesquisa  e  92% foram  a  favor  de seguir com as aulas remotas. Destes, 30% são funcionários que fazem parte do grupo de risco e outros cerca de 30% são responsáveis   por  pais idosos, alguns deles com comorbidades. O conselho Municipal de Educação também foi unânime pelo não retorno presencial das aulas.

 O decreto municipal foi publicado nesta segunda-feira (31/08), regulamentando a medida, cujo objetivo é preservar a vida e evitar o contágio e a proliferação de novos casos no município. As aulas continuarão ativas de forma remota, com rotinas orientadas e envio de material escolar, bem como a entregas  de cestas de alimentação para os alunos, conforme prevê o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) – Lei nº 13.987 de 7 de abril de 2020, entre outras atividades adaptadas para este momento de pandemia, que seguirão normalmente.

 Desde o início da pandemia os mais de 6 mil alunos da educação básica estão afastados das aulas presenciais. A Educação Municipal envolve aproximadamente mil pessoas, fato que seria considerado um   risco ainda maior para propagação da doença.

 Para o próximo ano, no planejamento das atividades será incluído reforço de conteúdo para que nenhum aluno se sinta prejudicado.

 

Diário do Ribeira

 

 

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUES DO DIA