• Seja bem vindo ao Diário da Ribeira!
  • Seja bem vindo ao Diário do Ribeira!
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Governo do Estado recoloca Vale do Ribeira na fase vermelha do Plano SP

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Em nona atualização de faseamento de quarentena e retomada econômica, demais regiões permanecem em etapas anunciadas há uma semana

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (31) a nona atualização do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e reabertura gradual e faseada da economia. O aumento de casos e internações levou 15 cidades do Vale do Ribeira novamente à fase 1 vermelha de restrição total de atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais. Nas demais regiões, a classificação se manteve em relação à avaliação da semana passada.

“O Plano São Paulo foi feito para avançar sempre que possível, mas retroceder sempre que necessário. Aqui, a prioridade é salvar vidas”, destacou o Governador. “Ao lado desta medida, houve iniciativas para melhorar a condição de saúde e de atendimento na região do Vale do Ribeira”, reforçou Doria.

A região do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Registro estava na etapa 3 amarela do Plano São Paulo, com flexibilização intermediária de atividade econômica e mobilidade social. Mas, ao longo desta semana, autoridades estaduais já apontavam alerta para a possibilidade de regressão.

Na última quinta (30), os Secretários de Estado Jean Gorinchteyn (Saúde) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) estiveram no Vale do Ribeira em compromisso oficial de combate à pandemia. Eles acompanharam o início da testagem na comunidade quilombola Peropava, no município de Registro. Também houve distribuição de cestas básicas, cobertores, máscaras e álcool em gel para as 32 famílias residentes.

Também nesta semana, o Governo de São Paulo reforçou a capacidade hospitalar do Vale do Ribeira para atendimento a pacientes graves com COVID-19. Na última quarta (29), o Estado anunciou dez novos leitos de UTI para a região, além de viabilizar a transferência de pacientes do vale do Ribeira para hospitais da Baixada Santista.

Até a reclassificação do próximo dia 7 de agosto, outras três áreas de DRS permanecem na etapa 3 vermelha: Franca, Piracicaba e Ribeirão Preto. A maior parte do estado continua na fase 2 laranja, que permite abertura restrita de escritórios, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. Atualmente, essa etapa abrange as regiões de Araçatuba, Barretos, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e a sub-região Norte da Grande São Paulo.

Na fase 3 amarela, permanecem as regiões de Araraquara e Baixada Santista, além da capital e sub-regiões Leste, Oeste, Sul e Sudeste da Grande São Paulo. Ela permite reabrir bares, restaurantes e salões de beleza com 40% da capacidade, além de academias com 30% de vagas e expediente limitado.

A apresentação completa dos indicadores da nona atualização do Plano São Paulo está disponível em https://www.saopaulo.sp.gov.br/wp-content/uploads/2020/07/9-balanco-plano-sp-31072020.pdf

 

Diário do Ribeira

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUES DO DIA