• Seja bem vindo ao Diário da Ribeira!
  • Seja bem vindo ao Diário do Ribeira!
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Após negar, prefeitura fecha hospital de campanha do Pacaembu nesta segunda

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

A Prefeitura de São Paulo vai fechar o hospital de campanha do Pacaembu, inaugurado em 6 de abril para atender exclusivamente às vítimas da Covid-19, nesta segunda-feira. A decisão vai contra uma informação da própria prefeitura de seis dias atrás, quando a Secretaria Municipal da Saúde chamou de “fake news” informações sobre o encerramento das atividades da unidade de saúde

Há menos de uma semana, em 23 de junho, a Gazeta entrou em contato com a Secretaria Municipal da Saúde para confirmar uma informação do “UOL” sobre o possível fechamento do hospital do Pacaembu. Na ocasião, a gestão negou que houvesse uma decisão sobre o fechamento naquele momento. “Lamentamos que nesse momento de pandemia a imprensa divulgue fake news”, escreveu a prefeitura, em nota.

Agora, segundo a prefeitura, a evolução positiva da epidemia na cidade permitiu que o hospital fosse fechado neste momento. O contrato firmado com o Albert Einstein para a administração do hospital instalado dentro do estádio foi firmado em abril com duração de 120 dias, o que permitiria o funcionamento do hospital até o fim de julho.

De acordo com os boletins da prefeitura, neste domingo o Hospital de Campanha do Pacaembu tinha cinco internados, sendo 3 em enfermaria. Houve 1.217 altas ao total. O hospital de campanha do Anhembi tem 213 internados.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUES DO DIA